browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Coprofagia! Ingestão de fezes! Ou melhor: Sim! Ele come cocô!

Posted by on 2 de agosto de 2012

Assunto gostoso de discutir durante uma refeição, não acham? Eu, que sou veterinária também, preciso me controlar muitas vezes, pois acabei acostumando com esse tipo de papo pouco convencional à mesa.

Para os seres humanos, comer cocô é algo que está totalmente fora de cogitação, pensando num indivíduo mentalmente saudável. Entretanto, cães não são humanos e para eles o cocô tem outros significados.

Fezes comunicam várias coisas aos cães. Então eles costumam mesmo cheirar o cocô de um amigo para investigar o que ele andou comendo ou que tipo de cara deixou aquela marquinha ali. Ao cheirar o cocô, não quer dizer que seu cachorro está apreciando o odor para posterior ingestão, não se apavore. Ou seja, se seu cachorro costuma defecar e cheirar ou cheirar fezes de outros no passeio, não quer dizer que ele vá comê-las, isso faz parte da comunicação canina.

MAS fezes de outras espécies são iguarias  para os cães. Fezes de felinos são especialmente irresistíveis! Comer esses cocôs é um comportamento considerado natural. Canídeos podem comer fezes de outras espécies como parte de seu cardápio! Por essa razão e milhares de outras é impossível transferir para outras espécies nossos padrões humanos de comportamento – cheio de regras sociais que muitas vezes até se contrapõem à nossa natureza.

Se o seu cão come as fezes do seu gato, a solução é simples: deixe a caixinha do gato indisponível para o cão. Isso é fácil! Só colocar a caixa do gato num lugar alto, por exemplo. Dificilmente você conseguirá treiná-lo a não comer. Ele não vai conseguir resistir.

Se o cão come as próprias fezes, tem até algumas soluções:

Primeiro, se você quer começar certo, JAMAIS limpe as fezes na frente do filhote ou do seu cão. Se você já passou um tempão fazendo isso, pare de fazer e pronto. Senão poderemos ter isso:

Cães aprendem por imitação. Vê-lo mexendo nas fezes dele pode parecer divertido ou então, ele pode apenas ser um cachorrinho muito solícito e vai resolver ajudá-lo. E com que ele vai recolher as fezes se não tem mãos?

Outro ponto, é quando o cão não tem absolutamente nada pra fazer! O ócio produz coisas incríveis. Coisas boas, ou não. Depende do ponto de vista. Para os cães, que são animais de cativeiro, o ócio não é nada produtivo. Pode gerar uma série de problemas e aumentar a ansiedade. Quando o motivo é esse, normalmente o cão brinca com o cocô, leva pra caminha e espalha pela casa (isso é um indicativo, não uma regra). Neste caso, arrume coisas pra ele fazer (ideias neste post ou neste outro).

Para tratar um último aspecto da coprofagia que penso ser pertinente, podemos falar da disputa. Se o seu cachorro, por um acaso, perceber que você quer muito recolher as fezes dele, que você fica na espreita, de repente, agarra o cocozinho e some com ele. Se ele sacar qualquer tipo de disputa, o cocô automaticamente ganhará status de relíquia. Sabe a lei da oferta e procura? Então, ele vai lá, faz um cocozinho e, quando vira pra dar aquela cheiradinha, certificando-se que aquilo saiu dele mesmo, UÉ! Sumiu!

JAMAIS dispute fezes com seu cão. Quanto mais ninja você ficar em “recolhimento de bombas”, mais ninja seu cão ficará em “sumir com meu produto antes que ele pegue”. Brincadeiras à parte, todo objeto que é disputável deve ter algum valor e o cão percebe isso.  Neste caso, recompensar as fezes dando um petisco pode desviar o foco das fezes e não implicar em disputa. Depois que o cachorro se distanciar, feliz com um petisco, você recolhe o cocô longe dele.

Sobre produtos que impedem a coprofagia deixando as fezes com sabor desagradável (Rá! Piada!), não existe uma que seja eficaz. Melhor focar mesmo no treinamento.

Acho que chega de fezes por hoje. Espero que tenha sido útil.

Qualquer dúvida, usem os comentários! Aproveitem para curtir nossa página no facebook (atalho aqui do lado esquerdo).

 

Até a próxima!

6 Responses to Coprofagia! Ingestão de fezes! Ou melhor: Sim! Ele come cocô!

  1. Julio

    Deficiencia nutricional pode causar cropofagia?!?!?

    • Alessandra Caprara

      Julio, a deficiência nutricional pode provocar a ingestão de várias coisas ‘estranhas’, inclusive fezes. É uma das coisas que devem sim ser consideradas. Entretanto, com as rações, deficiências nutricionais raramente aparecem porque o cão não come direito e sim porque ele não absorve direito o que ele come. Ficar de olho é sempre importante.
      Obrigada pela participação.

  2. Helga

    Boa tarde, meu cachorro é um filhote de 4 meses que permanece sozinho em casa durante meu horário de trabalho. Sempre quando volto as fezes estão espalhadas por toda a área dele, parece que ele brinca com elas. Sendo que já me falaram que é pra deixar coisas pra ele fazer, eu deixei vários brinquedos e brinquedos que lançam petiscos e nada, sempre as fezes lá estão espalhadas pelo chão.
    Como resolver?

    • Equipe Bicho Sem Preguiça

      Helga, brinquedos e comida são ferramentas e podem ser muito eficientes quando bem utilizadas. É bom se fazer algumas perguntas: os brinquedos ficam sempre à disposição do filhote? Os brinquedos de ração ficam sempre à disposição ou você só dá quando sai? Você brinca com o filhote usando os brinquedos? Cães são animais sociais e não gostam de ficar sozinhos. Por isso é muito importante inventar atividades para eles para que o tempo passe e eles não sintam tédio. Assista nossos vídeos e acompanhe nosso blog. Vamos voltar a publicar e acredito que suas dúvidas possam ser sanadas.

      Obrigada

  3. Elisiane

    Olá! Tenho um boiadeiro australiano de 4 meses… Comprei vários brinquedos para ele, e os troco de vez em quando pra ele não acostumar muito, para q seja novidade… O problema é que durante a madrugada, ele pega o cocô e leva pra manta dele e esmigalha todo o cocô pelo chão… Não sei mais o que fazer, já que é um hábito da madrugada e que não adianta brigar com ele no outro dia… Qual seria a melhor forma de tirar essa mania dele?

    • Equipe Bicho Sem Preguiça

      Elisiane. Ele chega a comer as fezes ou só brinca com elas? A questão com as fezes é algo complicado. Muitas vezes é possível deixar as fezes com sabor desagradável (se é que se pode imaginar que as fezes tenham naturalmente algum sabor agradável) para desestimular esse tipo de comportamento. Onde fica o banheiro dele? Onde ele dorme? algumas questões devem ser avaliadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *