browser icon
Você está usando uma versão insegura do seu navegador web. Por favor atualize seu navegado!
Usando um navegador desatualizado torna seu computador inseguro. Para mais segurança, velocidade, uma experiência mais agradável, atualize o seu navegador hoje ou tente um novo navegador.

Fogos de final de ano: um pesadelo!

Posted by on 18 de dezembro de 2010

Instituto Nina Rosa – Projetos por amor à vida Organização independente sem fins lucrativos (texto modificado)

OS ANIMAIS SE ASSUSTAM MUITO COM O BARULHO DE FOGOS E ROJÕES POIS SUA AUDIÇÃO É MUITO MAIS SENSÍVEL QUE A NOSSA. MEDO DE FOGOS TAMBÉM PODE ESTAR LIGADO À DOENÇAS DO COMPORTAMENTO.
CÃES TENDEM A FUGIR DO BARULHO E CORREM DESORIENTADOS E SEM DESTINO OU AINDA SE ESCONDEM E DURANTE ESSES PROCESSOS PODEM SE FERIR E ATÉ MORRER.

PODEM OCORRER:

– FUGAS – correm sem destino certo e ficam perdidos; podem ser atropelados e/ou provocar acidentes.
– ACIDENTES – enforcam-se na própria coleira quando não conseguem rompê-la para fugir; atiram-se de janelas; batem a cabeça contra paredes ou grades ou se enfiarem em locais perigosos como motores.
– GRAVES FERIMENTOS – quando tentam saltar muros e portões.
– TRAUMAS – mudanças de comportamento – tornam-se agressivos ou passam a se assustar à toa.
–  CONVULSÕES: alguns cães têm ou passam a ter ataques convulsivos.
* Nos animais da fauna silvestre pode ocorrer alteração do ciclo reprodutor e morte.

CUIDADOS COM CÃES
1- Coloque algodão nos ouvidos – para diminuir a sensibilidade auditiva.
2- Acomode os cães dentro de casa em lugar onde possam se sentir em segurança.
3- Feche portas e janelas para evitar fugas e acidentes. Pode cobrir as janelas com cobertores para abafar o som (sugerido por uma cliente).
4- Ligue o rádio e a TV e aumente o volume próximo ao momento dos fogos.
5- Dê alimentos leves – distúrbios digestivos provocados pelo pânico podem piorar a situação.
6- Não deixe o cão acorrentado pois pode se enforcar em função do pânico.
7- Não deixe muitos cães juntos porque podem brigar.
8- JAMAIS fique consolando seu cão apavorado, isso só piora a situação. Ignore-o e permaneça com uma postura altiva para que ele se sinta protegido. Sequer fale com ele ou dirija o olhar. (ESSA É UMA DAS DICAS DE TREINAMENTO MAIS IMPORTANTES)

*Se brigarem, não grite! Faça um barulho forte batendo tampas de panela para mudar o foco da atenção dos cães. O IDEAL É TRABALHAR NA PREVENÇÃO, SEPARAR BRIGAS PODE SER PERIGOSO, CUSTOSO E MUITO DIFÍCIL. Caso não possa colocar os cães dentro de casa, procure um veterinário para sedá-los, lembrando que o cão DEVE DORMIR na sedação, senão o trauma só aumentará, pois ele continuará a identificar o barulho sem possibilidade de se proteger/esconder. TAMBÉM LEMBRAMOS QUE ESTA NÃO É A MELHOR PRÁTICA.

*GATOS: mantenha-os dentro de casa e sem acesso à rua.

I M P O R T A N T E !
COLOQUE UMA PLAQUETA DE IDENTIFICAÇÃO NA COLEIRA DO SEU COMPANHEIRO CANINO, COM OS SEUS TELEFONES GRAVADOS NELA.

O ideal é que se procure um bom médico veterinário homeopata (www.homeopatiaveterinaria.blogspot.com)  para tratamento do medo de fogos e barulhos já desde o início do ano para que essa situação não se repita.
E inicie um treinamento de liderança com seu cão, para que ele se sinta mais protegido da próxima vez.


Boas Festas!!!! Nos reencontraremos Ano que vem!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *